Falando em Série: JOGO DUPLO (REMINGTON STEELE) - 1982


E trazemos outra série exibida pela Globo (!?!?) em horário acessível (!?!?), antes claro do 'padrão globo de televisão', que encheu a programação de novelas (à tarde e à noite - por enquanto...) e 'programas femininos' (na parte da manhã). A série..."Remington Steele", no Brasil "Jogo Duplo"...


Ah, ai você me pergunta: "Por que "Jogo Duplo"? Porque no passado (e até hoje acho...)algumas distribuidoras achavam que manter os nomes em inglês atrapalhavam as vendas dos produtos. Um exemplo claro disto é "Star Wars", que não seria nada do que é, se não tivesse sido inicialmente chamada de "Guerra nas Estrelas"....(para aqueles com dificuldade em interpretação de texto, estou sendo sarcástico....)

Quem teve a ideia do titulo 'Jogo Duplo', achou que era uma 'tirada esperta', porque brincava um pouco com a trama da série. Talvez você não se lembre do seriado pelo nome, mas com certeza deve se lembrar do ator principal, Pierce Brosnan, que foi bastante ajudado e prejudicado por este seriado. (Não entendeu? Mais para a frente ficará claro...)


Algo que você talvez não tenha conhecimento é que a série foi apresentada pela primeira vez aos produtores em...1969!! A ideia inicial da série foi apresentada pelo diretor de televisão Robert Butler e giraria em torno de uma investigadora privada, que fingia trabalhar para um homem, que na verdade não existia... Mas, a produtora achou que estava muito a frente de seu tempo...É que, na época mulheres só estrelavam programas de TV, se fossem sitcom humorísticos com no máximo 30 minutos de duração! 

A ideia só seria 'ressuscitada" em 1980!! Mesmo criador e o mesmo executivo de TV, apresentaram o show para um vice-presidente da MTM Enterprises, que achou que eles só tinham 'meio show' e aconselhou Butler a procurar Michael Gleason, escritor veterano de roteiros de TV. 

Gleason achou interessante a ideia da investigadora fingir ter um chefe homem. (Aqui é necessário explicarmos: em 1969 era inadmissível uma mulher ser a líder ou chefe de homens. Para se ter uma ideia, quando Rodenberry apresentou o piloto para a série "Star Trek em 1966, houve um tumulto, pasmem - entre as mulheres!!! -, porque a segunda em comando (Numero 1) da nave estelar era uma mulher!!!).


Como Gleason gostou do chefe fictício, ele perguntou: "E se o cara aparecesse e a deixasse louca???" - Surgia, por completo, o conceito da série "Remington Steele". Butler, Gleason e Tinker(que achou a série 'muito a frente de seu tempo'), prepararam o script e em 1981 o apresentaram a NBC, que rejeitou a série, porque não conseguiram 'comprar' o conceito...

Pouco tempo depois da recusa, Tinkler deixou a MTM para ser presidente da NBC e assim um piloto foi encomendado...mas, não da forma como se esperava. A NBC pediu que o piloto abordasse a equipe já trabalhando juntos à seis meses (?). Foi feito o piloto que depois foi incorporado a série (devidamente editado) com o titulo "Steele Temperado" (todos os títulos tinham 'Steele'), após assistirem ao piloto solicitado a NBC ficou preocupada que ele pudesse confundir a audiência (??). 

A NBC então pediu um piloto que mostrasse o inicio de tudo, como Laura Holt (a detetive) conheceu o homem que acabou assumindo a identidade de Remington Steele...Mais uma vez o piloto foi preparado e foi apresentado com o titulo "License to Steele" (um trocadilho: 'licença para roubar' com 'licença para Steele')...



Ajudando e Atrapalhando...



Lembram-se que lá no inicio dissemos que o seriado atrapalhou e ajudou Pierce Brosnan? Pois bem, não aconteceu somente com ele, Stephanie Zimbalist (Laura Holt) também acabou pagando 'o pato'....

Acontece que em 1985 a série foi cancelada! Não que estivesse mal no ranking de audiência, mas sim porque um executivo resolveu mudar o horário da grade de programação e deixou de fora "Remington Steele". Houve uma comoção popular de tal porte, que dois meses depois, o cancelamento foi revertido...e ai que 'deu ruim' para os dois atores principais...

Pierce Brosnan, antes desta série, não era tão conhecido. A série catapultou seu nome ás alturas! Quando houve a noticia do cancelamento Alberto Broccoli convidou Brosnan para fazer o filme "Living Daylights" (Licença para Matar), no papel do agente James Bond! Como o cancelamento foi revertido, Broccoli alegou que não queria o rosto de Bond vinculado a séries atuais...assim, lá se foi a chance de Brosnan (que só voltaria em 1995!!) e lá veio Timothy Dalton (infelizmente, na minha opinião) como Bond...

Aconteceu o mesmo com Zimbalist. Quando houve o cancelamento ela assinou contrato para fazer a Oficial Anne Lewis no filme de ficção científica futurística: ROBOCOP, com a reversão o contrato foi cancelado e o papel foi para Nancy Allen (neste caso, na minha opinião é indiferente qual das duas seria melhor...)

A série





Na série como o trailer mostra, Laura Holt resolve abrir uma agencia de detetives com seu próprio nome, porém os trabalhos não apareciam. Os contratantes não confiavam que uma mulher pudesse fazer este tipo de trabalho (16 anos após 1969 e a situação das mulheres era a mesma!). Para reverter a situação, Laura teve a ideia de criar um chefe fictício. Ela atenderia os clientes, dando alguma desculpa para a ausência do Sr. Remington, e resolveria os casos como se Remington o tivesse feito...Tudo ia bem, até que...

Apareceu um homem misterioso e charmoso, de quem ela se utiliza para fingir ser Remington Steele. Ela não sabe quem ele é realmente, aliás, ELE próprio alega não lembrar mais seu nome. Mas no transcorrer da série ele também é chamado de agente especial Ben Pearson. Pearson, ou seja lá qual for seu nome, é um trambiqueiro que vê uma oportunidade de se estabelecer e ganhar alguma coisa no processo...

Assim, aproveitando da confusão da identificação, ele resolve assumir o papel do sempre ausente Senhor Remington Steele...o que leva Laura a loucura!! Primeiro, porque ele começa a disputar com ela a liderança da equipe; segundo: o senhor ninguém-sabe-o-nome é um tanto...burrinho! Não sabe nada (aparentemente) sobre investigações, mas rouba para si todas as glórias do sucesso das investigações de Laura...

Esta série é precursora daquela que seria a mais marcante do gênero: "Moonligthting" , conhecida no Brasil como: "A Gata e o Rato" (postagem aqui)...Aliás, não era somente no enredo que as séries eram parecidas. Todo mundo sabe que Bruce Willis e Cybill Shepherd, não se suportavam, toda aquela química que aparecia nos episódios era de fato interpretação (e parabéns para eles!)...


Pois, há rumores que Pierce Brosnan e Stephanie Zimbalist, também não se 'bicavam'. Alguns que trabalhavam com eles chegaram a comentar que eles sequer se falavam. E que isto foi uma das coisas que contribuíram para o fim da série...Claro, que anos depois em entrevista Brosnan e Stephanie falam um do outro com carinho...mas, isto é 'showbusiness' e como no Brasil, todos os atores e atrizes mentem para conquistar e cativar o publico....

Em 2005, quando os DVDs da série foram lançados...nos EUA, Pierce Brosnan mostrou interesse em fazer um filme com Remington Steele e em 2013, a NBC anunciou planos de fazer um retorno da série como comédia de 30 minutos, já tinham roteiristas e tudo, mas...tudo ficou apenas nos planos! 

Abaixo, um trecho da série com dublagem original que deixa claro as habilidades ou falta delas de Remington/Pearson, diante de um caso...


Gostou da postagem?

Então junte-se a nós! Siga nosso blog e faça parte de nosso grupo no Facebook.

Junte-se a família "Memória Magazine", inteiramente dedicada a relembrar coisas boas e curiosas do passado. Ajudando alguns a reviverem boas lembranças e outros a conhecer a origem do que se vê hoje nos quadrinhos, nas animações e nos filmes...

Nenhum comentário

Imagens de tema por graphixel. Tecnologia do Blogger.