A SÉRIE "KUNG FU" (1972) - FOI REALMENTE UMA IDEIA ROUBADA DE BRUCE LEE?

Com a disponibilização do 'remake' da série "KUNG FU" no último mês de setembro, na HBO MAX, resolvemos trazer a tona uma discussão antiga sobre a série original ser ou não uma ideia roubada de Bruce Lee (muitos defendem isto até hoje). Afinal de onde surgiu este boato ou acusação?  Há fatos que desmintam? Ou há fatos que confirmem? Nossa matéria analisa o assunto e te ajuda a chegar a uma conclusão...Então, esta esperando o quê? Leia logo....




Para aqueles que talvez possam ter ficado curiosos, o remake da cultuada série da década de 70, "KUNG FU", só tem os seguintes pontos em comum com a original: o titulo "Kung Fu"; tem artes marciais e a  protagonista anda com aquela bolsa de pano (ou seja lá do que for - devidamente atualizada) a tira colo...




Agora sim, podemos considerar a questão que já se transformou em uma 'das lendas urbanas' de Hollywood: a série foi roubada de uma ideia de Bruce Lee? Bem, ainda persiste a lenda de que: sim, foi uma ideia 'apropriada indevidamente'...E de fato, Lee apresentou um esboço para uma série de TV que se chamaria: "Warrior" (Guerreiro). A trama seguiria um artista marcial que ficaria 'perambulando' pelo velho oeste. O protagonista, claro, seria ele mesmo...


Porém a série foi rejeitada, assim como alguns projetos para o cinema que o ator havia apresentado. Embora Lee tivesse alguma fama, os produtores não acreditavam que o público americano estaria preparado para filmes (ou séries) encabeçadas por um asiático...No ano seguinte (1972), foi lançada a série "Kung Fu", que girava em torno de um monge meio americano, que vagueava pelos EUA em pleno velho oeste...




Ora, isto foi um prato cheio para os jornalista e comentaristas da época, afinal a semelhança dos argumentos era enorme! E claro, muitos começaram a especular se a ideia não foi roubada de Lee e o protagonista 'caiado' de branco, para acomodar David Carradine...Para 'apimentar' mais as coisas, a viúva de Bruce Lee, Linda Lee Caldwell,  escreveu em suas memórias, o seguinte: 


"Mesmo antes disso (referindo-se a série "Longstreet", onde Lee participou em alguns episódios - clique aqui para saber mais), a Warner Brothers percebeu que o 'kung fu' (a luta) havia conquistado a imaginação do publico e decidiu lançar uma série de TV abordando o assunto. O próprio Bruce estava trabalhando na ideia de um sacerdote Shaolin, um mestre de kung fu, que vagaria pela América e se envolveria em várias façanhas. O estúdio o contatou e ele se envolveu profundamente. E deu-lhes muitas ideias, muitas das quais foram eventualmente incorporadas no sucesso de TV resultante, Kung Fu, estrelado pelo ator David Carradine."




Embora estes dois fatos possam parecer contundentes e provar que houve realmente um roubo da ideia, existem outros que indicam que tudo não passa de um mau entendido e de má interpretação das palavras de Linda Lee...E  vamos abordar o principal que coloca em 'pratos limpos' a questão. Este fato envolve o criador da série Ed Spielman


Spielman era um escritor de comédias que ficou fascinado pela cultura oriental. Isto aconteceu já bem cedo em sua vida, a ponto dele tomar o chinês como língua enquanto fazia a faculdade e aprendeu o caratê japonês e o kung fu chinês. Seu fascínio acabou fazendo com que  começasse a trabalhar em um roteiro de filme sobre um monge Shaolin. 


Em 1967, ele apresentou seu roteiro a um colega de profissão Howard Friedlander, que sugeriu que eles o tornassem um faroeste (genero que fazia grande sucesso na época). O roteiro de transformou no tratamento de possível filme intitulado: "O Caminho do Tigre, O Sinal do Dragão". Que girava em torno de um monge meio asiático, meio americano, que Spielman usou como modelo a si próprio...


O tratamento foi apresentado a Warner Brothers, ao executivo Fred Weintraub, que adorou a ideia e imediatamente pagou a Spielman e a Friedlander para fazer um roteiro que eles terminaram no inicio de 1970...Weintraub conheceu Bruce Lee e queria que ele estrelasse o filme. Porém, os outros executivos da Warner (ou Lee, não se sabe) não gostaram do projeto e ele foi devidamente 'engavetado'...


Em 1971, Weintraub teve a ideia de transformar o filme em uma série de TV e os executivos da Warner concordaram, era julho!  Em dezembro deste ano, eles começaram a escalar o elenco. Mais uma vez Bruce foi chamado, mas os executivos saíram com aquela opinião que talvez "o público não aceitasse bem um asiático como protagonista" e resolveram fazer com que o tal monge não tivesse nada de asiático, chamando Carradine no lugar...


Mas, o estúdio ainda queria ter negócios com Lee, que tinha acabado de filmar "O Dragão Chinês", e ofereceram a Lee um contrato para desenvolver um programa de TV e ele começou a trabalhar em um esboço de faroeste...o resultado foi um inicio de tratamento para uma série chamada: "Ah Samn", que acabou sendo renomeada como "O Guerreiro"...




Tudo isto aconteceu antes mesmo de Carradine ser contratado para o papel de Caine em "Kung Fu", seria por volta de outubro (Carradine foi contratado em dezembro)...Mas, o projeto não avançou e Lee, desanimado com os EUA, resolveu concentrar-se em sua carreira nos cinemas (asiáticos), antes de falecer tragicamente em 1973...


Juntando todos os fatos descritos acima, concluímos que: "Kung Fu" não foi baseado (ou teve a ideia roubada) de "O Guerreiro". E mesmo se lermos com mais atenção as palavras de Linda Lee, veremos que ela não diz que a ideia de "Kung Fu" veio de "O Guerreiro" e sim, que a Warner teria "eventualmente incorporado" alguns de seus conceitos e os adaptou para outro programa de artes marciais ocidentais...


Para terminarmos: esquecemos de mencionar que o filme resultante das ideias de Spielman, "O Caminho do Tigre, O Sinal do Dragão" foi transformado no piloto da série "Kung Fu". No filme acompanhamos a trajetória do jovem Kwai Chang Caine no templo Shaolin e o assassinato que comete inadvertidamente, fazendo-o ir para a América em busca de um irmão que não conhecia...

Também esquecemos de dizer que "Warrior" ou "O Guerreiro" acabou sendo produzido pelo CINEMAX e exibido no HBO MAX, estando atualmente em sua terceira temporada...



Gostou desta postagem???

Então junte-se a nós! Siga o nosso blog e junte-se a nós em nosso grupo no Facebook. 

Faça parte da família "Memória Magazine", inteiramente dedicada a relembrar coisas boas e curiosas do passado. Ajudando alguns a reviverem boas lembranças e outros a conhecer a origem do que se vê hoje nos quadrinhos, nas animações e nos filmes...

TALVEZ TAMBÉM SE INTERESSE EM LER: 

Falando em Série: KUNG FU (1972/1975)

Falando em Série: LONGSTREET - BRUCE LEE ROUBA A CENA...


Nenhum comentário

Imagens de tema por graphixel. Tecnologia do Blogger.