Falando em Série: KUNG FU (1972/1975)


Estamos criando "Falando em Série" para que junto com alguns relembremos grandes sucessos (e outros nem tanto) do passado e para que os novos saibam como eram as séries antes de assumirem o formato que têm hoje. 

Um detalhe que devemos destacar é que, ao contrário de hoje que é fácil termos acesso a uma infinidade de séries através da internet, no passado ficávamos reféns daquilo que os canais abertos nos ofereciam. Para piorar as coisas, em algumas localidades nem todos os sinais dos canais chegavam, reduzindo ainda mais as opções do telespectador...

Mas, as vezes dávamos sorte e o canal que tínhamos acesso exibia uma boa série. Foi o caso de "Kung Fu", exibido na TV Globo em horário nobre! 

Vamos saber ou relembrar algo da série...

Origens...

A série foi produzida pela Warner Bross Television, e seus executivos juram que a criação foi de Ed Spielman, Jerry Thorpe e Herman Miller. Mas há controvérsias a este respeito. Segundo alguns Bruce Lee teria sido o criador do conceito, isto também esta escrito no livro de memórias de sua viúva Linda Lee Caldwell, e ela diz também que a Warner Bross teria 'roubado a idéia"...

O fato é que em 1971, Bruce Lee deu uma entrevista onde ele afirmou estar desenvolvendo o  conceito de uma série para a televisão, que se chamaria "The Warrior" (O Guerreiro) e que se passaria no velho oeste. A série misturaria artes marciais com um western e teria ele mesmo como protagonista.

Mas disse também que estava tendo problemas com a apresentação da série para a Warner Bross e a Paramount. O entrevistador lhe indagou se a dificuldade de aceitação não seria por ele ser um estrangeiro, ao que ele respondeu que a questão 'havia sido levantada'. 

Quer 'Kung Fu' tenha sido baseado em seu conceito ou não, o fato é que o piloto foi lançado um ano depois (1972) e ele foi considerado para o papel de protagonista, mas acabou sendo barrado por um dos executivos que sugeriu David Carradine em seu lugar, porque seria 'melhor aceito pelo público' (por ser americano) e por parecer menos ameaçador do que Lee...(David Carradine era bailarino e não artista marcial).

Depois disto Lee se desiludiu com a América e foi fazer filmes na Ásia, de onde voltou anos depois como um astro de filmes de artes marciais...mas isto é outra história.

A série...

A série acompanha o monge Shaolin Kwai Chang Caine, desde sua infância ao tentar entrar para o Templo Shaolin e ser 'ordenado' monge, até suas andanças pelos EUA em busca de seu irmão, seu único parente vivo (seu pai e sua mãe haviam morrido no inicio do filme piloto). 

Parte do ritual para a escolha dos futuros discípulos do templo, era deixar os meninos esperando do lado de fora do portão durante dias. Claro que muitos desistiam, mas alguns persistiam e isto dava oportunidade para os monges conhecerem as qualidades dos meninos lá fora, Como a série precisava acontecer Kwai Chang foi um dos escolhidos, pois os monges viram nele sua perseverança, sua vontade e sua paciência. 

Mestre Kan
Para treiná-lo foram escolhidos os Mestres Kan e Po. Mestre Po era cego e se apegou a Kwai Chang, passando a chamá-lo de 'gafanhoto'. Aliás, se já existissem 'memes' na época certamente este seria um campeão de utilização. Era bastante comum no dia a dia observarmos pessoas chamando uns aos outros de gafanhoto. Ainda hoje surpreendo alguns que ainda usam o termo...

Mas por que 'gafanhoto'? Numa das cenas o jovem Kwai Chang é chamado pelo Mestre Po e percebe que ele é cego. Kwai Chang diz ao mestre que viver nas trevas seria a pior coisa. O Mestre manda que ele feche os olhos e lhe pergunta o que estava ouvindo. Ele responde: o barulho da água e do passarinho. 

Mestre Po
O mestre lhe pergunta se ele ouvia o som do próprio coração. Kwai responde que não. O Mestre lhe pergunta se ele podia ouvir o som do gafanhoto que rastejava a seus pés. Kwai lhe pergunta: "Como pode ouvir tudo isto mestre?" e Mestre Po responde: "Como você não pode ouvir?". A partir dai Mestre Po passa a chamá-lo de 'gafanhoto' e lhe perguntar: "O que Você ouve?".

Os anos se passam e 'gafanhoto' cresce e atinge o grau de mestre. A cerimonia de 'ordenação' com certeza fez com que muitos gemessem em suas casas, pois o ritual exigia que Kway Chang pegasse, utilizando os braços (sem firmar com as mãos), um caldeirão em forma de dragão. Porém, este caldeirão estava sobre brasas e incandescente...

Para que pegá-lo desta forma? Porque assim a imagem que estava gravada em um dos lados do caldeirão deixaria uma marca em forma de dragão no braço do ex-discípulo e agora mestre.  Como seria determinado que o treinamento chegou ao fim? 

"Pegue, se puder!"
Logo no inicio, quando o menino Kwai Chang foi aceito, Mestre Kan mostrou-lhe uma pedra em sua mão, e lhe disse: "Quando você tirar a pedra de minha mão estará na hora de você ir embora...". Kwai tentou por várias vezes, até chegar na parte final do piloto e ele ter de passar pela cerimonia do caldeirão.

Desnecessário dizer que no dia seguinte, todos os garotos do bairro e da escola estavam com uma pedra na mão e repetindo exatamente o mesmo....

Mas, tudo isto é mostrado em flashbacks, quando Kwai Chang enfrentava algum dilema enquanto procura pelo irmão. A história mesmo, é mostrada quando ele já esta nos EUA. No episódio piloto, ele precisava de trabalho e acabou trabalhando numa ferrovia onde havia outros chineses. 

Como era de se esperar um dos brancos não gostava muito de Caine e vivia implicando com ele. Caine por sua vez não cedia a suas provocações, mas se apegou a um dos trabalhadores mais velhos, talvez porque lhe lembra-se Mestre Po. É óbvio para qualquer um que em breve a 'bomba' explodiria. 

A 'coisa' começou a tornar forma quando a certa altura descobrimos que Kwai Chang é procurado por assassinato pelo governo chinês. É a chance que o capataz estava esperando para finalmente dar a surra que queria em Caine. Mas por que ele estava sendo acusado? 


Como dissemos antes, Caine era muito apegado a Mestre Po, certo dia os dois estavam andando pela praça de um vilarejo quando se depararam com uma tropa que escoltava o sobrinho do Imperador Chinês. O 'carinha' era extremamente arrogante e estava com uma arma. 

Ora, Mestre Po era cego e acaba não saindo da frente, uma discussão começa, o arrogante sobrinho do Imperador saca de uma arma e atira em Po. Se acende uma ira em Caine, que pega uma lança e mata o sobrinho do Imperador. Antes de morrer Mestre Po diz a Caine que fuja para a América, senão ele será preso e morto...e a história começa... 

Do piloto às continuações...


O piloto recebeu o titulo de "Kung Fu; The Way of the Tiger. The Sign of the Dragon" (O Caminho do Tigre. A Marca do Dragão), e pelo que falamos acima dá para discernirmos qual sua origem. A marca do dragão obviamente vem da cerimonia de 'ordenação'. O caminho do dragão vem da fúria despertada e a necessidade de partir em busca do irmão. A série se inicia com o episódio "O rei da Montanha" e permanece no ar por 3 temporadas e 63 episódios, de 1972 à 1975. 

Em 1986, numa tentativa de reviver a série foi lançado o filme: "Kung Fu: O Filme", nele Kwai Chang (ainda interpretado por David Carradine tem de enfrentar o próprio filho, interpretado por Brandon Lee). 

Em 1987 é lançado mais um filme: "Kung Fu: Proxima Geração". A história se passa nos dias atuais e é centrada em Johnny Caine (Brandon Lee) que é bisneto de Kwai Chang Caine (desta vez interpretado por David Darlow). Kwai Chang aparece como um fantasma para Johnny, obviamente para transmitir a sabedoria oriental...

Em 1993 surge uma continuação da série original: "Kung Fu: A lenda Continua". Muitos devem se lembrar de sua exibição no canal SBT. A série é estrelada novamente por David Carradine, que faz o papel de Kway Chang Caine, bisneto do Caine original. 

Na história Kway Chang e seu filho Peter moram num templo. Kwai Chang ensina a disciplina e os ensinamentos orientais. Mas um dia, ele expulsa um dos alunos por falta de disciplina e de apreço. O ex-aluno jura vingança, e ao retornar incendeia o templo. Kwai Chang acredita que Peter morreu, e Peter acredita que Kwai Chang morreu. 

Eles voltam a se encontrar anos depois, agora Peter é um detetive de policia. É claro que o relacionamento, ou a tentativa de retornar com um relacionamento, será complicada. Esta continuação durou 4 temporadas e 88 episódios, entre 1993 e 1997....nada mal!

Pensam que acabou? Não! em 1999 a Warner Bros lançou uma série animada que seria uma continuação da série 'Kung Fu' original. Kwai Chang era dublado por David Carradine, e foram produzidos 9 episódios de 10 minutos cada, porém eles desapareceram de circulação...

Em 2006 (ufa!) Ed Spielman (criador da série) e Howard Friedland anunciaram um novo projeto relacionado com a série, seria um 'reboot' já que seria sem David Carradine, mas o tal projeto deve estar 'juntando poeira' em alguma gaveta por aí....

Curiosidades da série...

A série foi marcante em vários aspectos. Primeiro por introduzir alguns 'jargões' que foram incorporados no dia a dia das pessoas que assistiam a série, como por exemplo; 'gafanhoto' e 'quando você tirar a pedra de minha mão...'. 

Também foi a primeira série a trazer para a TV o incrível mundo das artes marciais. Pode até ter havido alguma série anterior que teve esta abordagem, mas eu não me lembro ou não foi marcante. Cada episódio além dos golpes mostrados, também trazia uma série de ensinamentos orientais...

Com o tempo foram introduzidos outros personagens que tinham seu próprio estilo de luta, desta forma acabávamos por ter contato com diferentes tipos de luta. Num dos episódios por exemplo, Kwai Chang enfrenta um negro que lutava capoeira!! Foi o episódio 13, intitulado: A Pedra. Caine lutou com um escravo brasileiro que havia fugido e com ele levado um enorme diamante (a pedra do título). 
Moses Gunn, o 'capoeirista'
Cada um dos episódios tinha vários flashbacks, todos relacionados com a situação que Kwai Chang enfrentava e que ajudavam a também acompanharmos episódios da época de treinamento para monge Shaolin. Não eram cansativos e parecia que assistíamos a duas séries ao mesmo tempo. 

Ao final da terceira temporada e do encerramento da série, finalmente a história tem um desfecho. Nos episódios: A casa de Barnaby; O voo do Orion; Os Irmãos Caine e Circulo Completo, Kwai Chang encontra não só seu irmão Danny  , mas também seu sobrinho Zeke. Ele não estava mais sozinho, embora me pareça que eles não sigam juntos...não me recordo direito...

Bônus...

Talvez você queira saber mais um pouco sobre a série, ou assistir ao episódio piloto, para isto voce pode visitar nosso grupo Memória Nerd, através deste link: Capitulo 1: Especial - Kung Fu


Convite: 


Se você gostou desta matéria e gosta de matérias deste tipo, curta nosso blog e venha fazer parte de nosso grupo no face. O objetivo é relembrarmos produções que acompanharam nossa infância, nossa adolescência e talvez nos acompanhem até agora e tenhamos vontade de rever ou relembrar. 
VENHA! Curta e participe de nossa pagina: MEMÓRIA MAGAZINE  e faça parte de nosso grupo: MEMÓRIA MAGAZINE


Um comentário:

  1. Essa relação de Kung Fu e Bruce Lee eu li há algum tempo no extinto site Sobrecarga em um texto do Eloyr Pacheco intitulado Bruce Lee, Shang Chi & Kill Bill, mostrando como inicialmente o Shang Chi seria uma versão em quadrinhos do Kwai Chang Caine e o Paul Gulacy mudou para o rosto do Bruce Lee, The Warrior era visto como lenda, mas recentemente, o Cinemax (canal da Warner), anunciou que vai fazer uma série baseada conceito, outra "coincidência", Keye Luke, o Kato dos seriados do cinema interpretou o Mestre Po. Reuni várias informações no post Bruceploitation nas revistas em quadrinhos brasileiras

    ResponderExcluir

Imagens de tema por graphixel. Tecnologia do Blogger.