ANIMAÇÃO EM FOCO: "VIAGEM FANTÁSTICA" (1968)

É provável que ao ler no titulo "VIAGEM FANTÁSTICA", tenha vindo em sua mente imediatamente o filme de ficção cientifica de 1966, estrelado entre outros pela musa da época Rachel Welch. Ou então talvez se lembre da série exibida na TV Globo, de mesmo título que girava em torno de um grupo de pessoas que se perde no Triangulo das Bermudas, lá eles chegam a uma ilha onde é possível viajar entre dimensões paralelas e chegar a diferentes épocas...


Mas, não nos referimos a nenhum destes e se você quiser relembrar é só clicar nos links que, deixaremos lá no final da matéria...O "VIAGEM FANTÁSTICA" a que nos referimos foi uma animação exibida no Brasil na década de 70 e que fez razoável sucesso por aqui. Era produzido por um estúdio bastante conhecido na ocasião a FILMATION ASSOCIATES.


A FILMATION começou suas atividades produzindo uma animação para a Igreja Luterana dos EUA sobre A Vida de Cristo. Depois disto eles foram procurados pelo presidente da DC Comics na época, que solicitou uma animação do SUPERMAN. Esta animação fez sucesso e outras foram encomendadas...


Algumas das animações produzidas pela empresa eram continuações de grandes sucessos do cinema. Como por exemplo: Branca de Neve; O Magico de Oz; Viagem ao Centro da Terra e o objeto de nossa postagem VIAGEM FANTÁSTICA...




A animação girava em torno de uma organização secreta do governo americano que tinha a capacidade de reduzir as pessoas (no caso seus agentes) a tamanhos microscópio, possibilitando agir de forma inesperada. 


Como toda agência americana seu nome era formado por uma sopa de letras, no caso CMDF (Combined Miniature Defense Force, em português: Força de Defesa Miniatura Combinada). A entrada do desenho sempre trás esta informação e o objetivo da organização. Inclusive transcrevemos abaixo o texto de abertura: 

"Quartel General: CMDF - Força Combinada de Defesa Miniatura. Projeto: Viagem Fantástica. Processo: Miniaturização. Autoridade: Top Secret, maior autorização. Equipe: Jonathan Kidd, comandante. Guru, mestre de poderes misteriosos. Erica Lane, médica, bióloga. Busby Birdwell, cientista, inventor e construtor da Voyager Missão: Em sua forma miniaturizada, para combater os inimigos invisíveis e insuspeitados da liberdade. Limite de tempo: doze horas."

A equipe de agentes era formada pelos seguintes membros: Comandante Jonathan Kidd (caolho no estilo Nick Fury original); a bióloga Erica Lane (necessária porque algumas missões se passavam dentro de organismos vivos); o cientista Busby Birdwell (o 'sabichão' de plantão e com cara de nerd) e finalmente Guru (era conhecido apenas assim, era 'mestre de poderes misteriosos')...




A cada missão a equipe era miniaturizada, assim como o submarino "Voyager", utilizado em suas missões. As operações eram coordenadas pelo Professor Carter, encarregado pelo processo de miniaturização e provavelmente chefe da organização. Seu rosto nunca apareceu, sempre que aparecia era apenas uma silhueta escura...




A miniaturização tinha tempo limitado, como já demonstrado no texto de introdução o tempo era de 12 horas (no filme os micro-agentes só tinham 60 minutos)...


A série estreou em 1968, no canal ABC (americano) e teve 17 episódios de 30 minutos cada. Foi reprisado no canal Sci Fi até 1996 (!). E para não deixá-los sem conhecer (ou relembrar) a animação, claro conseguimos um episódio e anexamos a matéria...


Divirtam-se!!!





TALVEZ TAMBÉM SE INTERESSE POR: 



Nenhum comentário

Imagens de tema por graphixel. Tecnologia do Blogger.