Falando em Série: TIRO CERTO (Hunter) 1984

 


Neste FALANDO EM SÉRIE vamos resgatar a MEMÓRIA do seriado oitentista: TIRO CERTO (Hunter, no original) que inicialmente estreou nas noites de domingo da Globo e mais tarde percorreu outros horários na grade da emissora. O seriado contava a história do sargento Rick Hunter, um policial linha dura ao estilo"Dirty Harry" e de sua parceira,a esperta e centrada sargento Dee Dee MacCall. Lembrou? Não faz idéia do que estou falando? Não tem problema! Se aventure e aproveite de mais essa gostosa nostalgia. Boa leitura!

SINOPSE: O seriado contava a história do sargento Rick Hunter, filho de um mafioso que fugindo da tradição familiar, se torna detetive da polícia de Los Angeles usando de seu jeito truculento e durão que é obrigado a aceitar uma nova parceira, a esperta e centrada sargento Dee Dee MacCall. No início,os dois entram em conflito devido as divergências de métodos, mas com o tempo criam um laço forte de amizade e respeito, e uma química foi se criando dando a entender mais do que amizade entre os dois detetives. Essa mistura dos valores de honestidade e integridade de um e a beleza e esperteza da outra, acabava dando certo e os ajudava a enfrentar os crimes violentos nas ruas de Los Angeles. Mesmo com as broncas do Capitão Devane, a dupla Hunter/MacCall sempre solucionava os casos investigados, com Rick no volante de seu Junker 1972. 

Título: TIRO CERTO (Hunter)
Emissora: NBC.(no Brasil: Rede Globo e TV Gazeta)
Transmissão Original: de 18 de setembro de 1984 a 26 de abril de 1991.
Duração média de cada episódio: 48 minutos.
Temporadas: 7 (153 episódios).
Companhias Produtoras: Stephen J. Cannell Productions e Lorimar-Telepictures.


TIRO CERTO foi uma série policial criada por Frank Lupo, que ja havia criado anteriormente o fenômeno Esquadrão Classe A. Inicialmente, a série que contava as aventuras da dupla de detetives Rick Hunter e Dee Dee MacCall tinha sido cancelada em sua primeira temporada por baixa audiência, uma vez que, no mesmo horário de exibição nas noites de sexta-feira, era exibida o fenômeno Dallas pela CBS. Com um concorrente de peso, a NBC ordenou o cancelamento da série, porém um pouco antes do cancelamento propriamente dito ocorrer, a série foi transferida para as noites de sábado. A estratégia deu tão certo que alavancou a audiência de tal forma, que a NBC revogou o cancelamento e logo renovou a série. Algo que se mostrou uma ótima idéia, afinal ao todo foam produzidos 153 episódios, ao longo de sete (7) temporadas.

A primeira temporada, foi mais violenta e séria, tendo o tom alterado já à partir da segunda temporada para um tom mais leve, misturando ação e comédia, centrando mais nas relações pessoais dos protagonistas e na tensão entre ambos, que indicava uma atração mútua que foi sendo desenvolvida ao longo da série. Além do casal títular, a série também tinha alguns ótimos personagens coadjuvantes, como o informante Arnold "Sporty" James. Algumas participações especiais também garantiram um adendo a mais ao programa como Robert Vaughn como um comandante corrupto que atrapalhava o trabalho da dupla na caçada a um serial killer para proveito próprio e Eric Estrada (CHIPs) que aparece como um detetive novato e ajuda Hunter e MacCall na caçada a um estuprador em série. 

Com a saída de Stephanie Kramer a intérprete da detetive MacCall, que almejava novas oportunidades na carreira, os roteiristas tiveram que usar a criatividade para suprir sua ausência, como a introdução de novas parceiras em histórias que fossem capazes de prender a audiência. Porém, algumas diferenças criativas entre o ator Fred Dryer (que na época já atuava como produtor) e disputas salariais, além da já notória queda de audiência, acabaram contribuindo para o definitivo cancelamento da série. 

Alguns anos após o encerramento da série, foram produzidos dois longa-metragens para a televisão (1995 e 2002), mas somente o segundo tem a participação de Stephanie Kramer como MacCall. Um terceiro Longa foi produzido em 2003 como um possível piloto de uma nova série, contudo restrições orçamentárias e novas diferenças criativas entre Dryer e os roteiristas cancelaram prematuramente essa nova empreitada que ainda chegou a ter cinco (5) episódios filmados, os quais nunca foram exibidos nos E.U.A. 


CURIOSIDADES:

  • Frank Lupo afirma ter se inspirado em Dirty Harry, icônico personagem de Clint Eastwood na criação do personagem Rick Hunter;
  • O ator Fred Dryer antes de ser ator, foi jogador de futebol americano, começando a carreira aos 14 anos; além de se dedicar a outros trabalhos;
  • Um dos possíveis motivos da saída de Stephanie Kramer da série foi seu casamento com um antigo namorado com quem foi viver na Inglaterra;
  • O sucesso de Tiro Certo foi tão grande que gerou uma série paródia,Na Mira do Tira(Slege Hammer);
  • No Brasil a série foi exibida através da Rede Globo, estreando em 1988 nas noites de domingo. No mesmo ano passou a ser exibida às 13h, ainda nos domingos da Globo. Essa exibição ficou no ar até 1989.Em 1990 a TV Gazeta  exibiu somente a primeira temporada. A série voltou à programação da Rede Globo em 1991, agora no horário vespertino. Ficou até 1993 nesse horário, quando no ano seguinte começou a ser exibida nas madrugadas da emissora.
  • Apesar do clima mais ameno na maioria dos episódios, houveram alguns mais polêmicos como o episódio duplo da segunda temporada "Rape and Revenge" onde MacCall se envolve com um diplomata e quando recusa suas investidas, é estuprada brutalmente por ele e depois o persegue para vingar-se. Esse episódio causou muita comoção na época uma vez que, na época foi um enredo muito ousado e chocante sendo um dos mais lembrados pelos fãs. 

Gostou desta postagem???

Então junte-se a nós! Siga o nosso blog e junte-se a nós em nosso grupo no Facebook. 
Faça parte da família "Memória Magazine", inteiramente dedicada a relembrar coisas boas e curiosas do passado. Ajudando alguns a reviverem boas lembranças e outros a conhecer a origem do que se vê hoje nos quadrinhos, nas animações e nos filmes...
Talvez se interesse por estas outras postagens:

Nenhum comentário

Imagens de tema por graphixel. Tecnologia do Blogger.