Falando em Série: PRIMO CRUZADO (Perfect Strangers) 1986-1993


PRIMO CRUZADO (Perfect Strangers) é uma série do tipo sitcom criada por Dale McRaven, através do produtor Tom Miller e Robert Boyett, pela Miller-Boyett Productions e também pela Lorimar-Telepictures, que assumiu a produção entre 1986 a 1988 e depois pela Lorimar Television entre 1988 a 1993. A série permaneceu no ar de 1986 até 1993 e alcançou a surpreendente marca de 150 episódios, distribuídos em 8 temporadas. No Brasil a série que deveria se chamar algo como “Perfeitos Estranhos”, acabou recebendo o nome da moeda que estava em vigor na época. 

O Seriado foi distribuído pela Warner Channel, com músicas compostas por Jesse Frederick e Bennett Salvay, tendo como tema de abertura a canção “Nothing´s Gonna Stop Me Now”, de David Pomeranz, que também foi tema de encerramento, na versão instrumental.

Considerada por muitos como uma das maiores comédias-pastelão já produzidas, a série fez muito sucesso tanto no seu país de origem como no Brasil, onde foi exibida a partir de 1987 pela Rede Globo às terças e quartas feiras, na Sessão Comédia, um bloco só para seriados de humor norte-americanas que começava às 17h20, logo após os desenhos da Sessão Aventura. A intenção da Globo era manter a boa audiência da Sessão da Tarde e segurar o público até a novela das seis (18 horas).

Em 1994, a série passou a ser transmitida nas madrugadas de sexta para sábado da emissora. Também fez parte da programação dos canais pagos: Sony e e Nickelodeon.



A trama da série era focada na relação hilária e atrapalhada entre dois primos. Um deles, Larry Appleton (Linn-Baker), que era um norte-americano tradicional do interior; o outro, Balki Bartokomous (Pinchot), tinha acabado de aterrizar nos Estados Unidos, vindo da Grécia. 

No Brasil, a interação dos primos ganhou ares bizarros e virou uma coisa meio estranha devido às alterações feitas na dublagem e adaptações da série. O personagem de Pinchot ganhou o nome de Zeca e falava com um sotaque bastante “caipira”, que vinha do interior de Minas Gerais para os Estados Unidos morar com seu primo. O Zeca falava com muito "ocê", "sô" e outros cacoetes. E enquanto o telespectador via o personagem abrasileirado esbanjando desenvoltura em uma dança grega, a dublagem mostrava ele cantando músicas em português, como Ilariê, da Xuxa. 

Como vizinhas os dois tinham as garotas Mary Anne  e Jennifer  com quem acabam se envolvendo e casando no final da série. Em 1987 os dois foram trabalhar para o Jornal de Chicago, Larry como repórter e Zeca como mensageiro. Nesta fase aparece a operadora de elevador Harriette Winslow, o editor Harry, a neurótica colunista Lydia Markham e Sam Gorpley.

A oitava temporada volta suas atenções para a vida familiar dos primos e termina num episódio em que Larry, Balki e Jennifer decolam num balão de ar quente para tentá-la induzir ao trabalho de parto, após Mary Anne já ter dado à luz. Momento depois que os bebês chegam e o espetáculo termina com uma montagem de cenas musicais memoráveis da série ao som de “Unforgettable” cantada por Nat King Cole. Nos crédito finais mostravam todo o elenco se curvando em sinal de agradecimento perante à plateia, com os dois atores principais, Pinchot e Linn-Baker fazendo pela última vez a “Dança da Alegria”.


Segundo Tom Miller, um dos produtores do programa, a inspiração para criar este espetáculo veio na esteira dos Jogos Olímpicos de Verão de 1984, em Los Angeles, quando a América estava passando por uma onda de renovação de sentimento patriótico.
Foi então que surgiu a ideia de criar uma comédia falando sobre um imigrante recém chegado aos Estados Unidos, mas inicialmente a proposta acabou sendo rejeitada pelas três principais redes de televisão norte-americana, mas depois de muitos contratempos ela acabou sendo aceita pela rede ABC e assim nasceu o PRIMO CRUZADO.

Personagens:
Larry Appleton - Um residente de Chicago que tardiamente se mudou para uma nova casa separado de sua família, mas logo passa a morar com seu primo. Sonha em se tornar um fotógrafo.
Zeca Taylor (Balki Bartokomous no original)- Primo de Larry que veio do interior de Minas Gerais (de Mypos, uma ilha no Mar Mediterrâneo no original). Ingénuo, fala com um sotaque da região de origem.
Senhor Donald Twinkacetti - Patrão de Larry e Balki até a terceira temporada.
Sr. Gorpley - Patrão de Larry e Balki a partir da terceira temporada.
Senhora Twinkacetti - A esposa do senhor Twinkacetti. Num dos episódios ameaçou separar-se do seu marido.
Sra. Lydia - Amiga de Larry e Balki a partir da terceira temporada.
Harriette Winslow - Dirige o elevador do prédio onde Balki e Larry trabalham a partir da terceira temporada.
Mary Anne Spencer - Esposa de Zeca a partir da quarta temporada.
Jennifer Lyons - Esposa de Larry a partir da quarta temporada.


Curiosidades:
  • A atriz Lucille Ball, da lendária série “I love Lucy”, considerava a série um dos seus programas de televisão favoritos;
  • Titulo da série em outros paises: “Barli e Larry – Due perfetti Americani” (Itália), “Dos perfectos desconhecidos” (América Latina), “Lary Balki” (França), “Primos Lejanos” (Espanha);
  • O ator Mark Linn-Baker chamou a atenção da produção, e eventualmente foi contratado devido a uma participação especial no seriado “A gata e o rato”.
  • O sucesso da série acabou gerando um spin-off chamado “Family Matters”, que foi apresentado pela rede ABC, entre 22 de setembro de 1989 a 9 de maio de 1997, depois mudou para a CBS, onde passou a ser exibido entre 1997 a 1998. Esta nova série era centrada em torno de Harriette Winslow, interpretada por Jo Marie Payton, personagem originária de Perfect Strangers. O seriado fez bastante sucesso, mas não foi exibido no Brasil. 
  • O diretor da série é Joel Zwick, o mesmo diretor de Full House (no Brasil, Três é Demais), outra série de sucesso.
Leias Também: AS SUPER GATAS (The Golden Girls) 1985-1992


Gostou da postagem?
Então junte-se a nós! Curta nosso blognossa página e nosso grupo

Junte-se a família "Memória Magazine", inteiramente dedicada a relembrar coisas boas e curiosas do passado. Ajudando alguns a reviverem boas lembranças e outros a conhecer a origem do que se ve hoje nos quadrinhos, nas animações e nos filmes...


Nenhum comentário

Imagens de tema por graphixel. Tecnologia do Blogger.