Papo de Cinema: O ENIGMA DE OUTRO MUNDO - John Carpenter em boa forma!




Eis ai um filme de John Carpenter em grande forma, mas que por alguma razão não foi bem recebido pela critica, tornando-se um filme "cult" posteriormente ( e quem liga para a critica?). 

Carpenter trabalha mais uma vez com Kurt Russel e a parceria funciona. O filme inclusive tem uma pseudo continuação de 2011(vendida como um prequel. Acaba na cena que começa o de 1982), mas quem assistiu ao original antes sabe que basicamente é o mesmo filme. 

O filme original começa com uma equipe americana na Antártida sendo surpreendida pela invasão de um homem ao seu campo de pesquisa. O tal homem vem em incansável perseguição a um cão, que se esconde atras de um dos membros. 

O homem fala alguma coisa mas os americanos não entendem o que ele diz (o cara é norueguês como se descobre depois). homem insiste em dizer algo e quando percebe que eles não o entendem e que não o atenderão atira no cão e acerta um dos membros da expedição americana. 

Resultado: é morto. Lição aprendida: jamais atire em um americano. 

O cão é posto com os demais na estação americana. Kurt, que no filme é piloto de helicóptero, vai junto com o medico tentar descobrir o que estava acontecendo (a estação norueguesa não responde). Na base americana o responsável pelo canil ouve uma serie de lamentos dos cães.

Saindo para verificar o que esta havendo, ao chegar descobre que o cão perseguido na realidade é um monstro alienígena que esta assimilando (copiando os corpos) os demais cães. A criatura aparentemente é incinerada, mas como tem que rolar o filme as aparências enganam. 
O grande lance do filme é saber quem é humano e quem é alienígena assimilado e com um final desconcertante. 

A critica massacrou o filme, o que fez com que Carpenter começasse a fazer filmes de baixo orçamento.....Mas o filme é bom, e a retomada em  2011, tão esperada pelos fãs, foi uma decepção. 

A decepção se deve ao fato de ser...o mesmo filme, apenas com uma insinuação de ser um prequel. O filme pretendia contar a história do que aconteceu antes, na estação norueguesa. O roteirista obviamente achou que seria um ótima 'sacada' terminar o filme onde o primeiro começava...

Quando Carpenter fez o filme original havia um papel que seria feito por uma mulher, porém a atriz desistiu na última hora e foi substituída por um homem. Bem, seria realmente estranho um bando de marmanjos com apenas uma mulher no grupo. Além do mais poderia forçar um final diferente. 

Quando o segundo filme foi feito anos depois, aproveitou-se para acrescentar um personagem feminino, afinal estávamos em plena época da igualdade, já havia toda aquela reclamação de não haver mulheres nos filmes (mesmo quando a história não pedia), seria então um problema a menos....

Curiosamente, o primeiro filme era uma refilmagem de um filme de 1951: "O Monstro do Ártico". Porém, estamos colocando o link deste filme e aqueles que assistirem verão que "O Enigma do Outro Mundo" tem pouco a ver com "O Monstro do Ártico"....

O filme fracassou nos cinemas, mas com o aparecimento dos home videos, CDs, TVs a Cabo, DVDs a produção foi reavaliada e transformou-se me um 'cult'. Em 2002 ganhou uma versão para video games. 

Uma última curiosidade: segundo John Carpenter este filme é o primeiro de uma trilogia que ele próprio batizou de 'trilogia do apocalipse'. Os demais filmes são: "O Príncipe das Trevas" (1987) e "A Beira da Loucura" (filmaço de 1995).

Agora é esperar que em algum momento alguém resolva fazer um remake ou como é chamado hoje: um "reboot".

Nenhum comentário

Imagens de tema por graphixel. Tecnologia do Blogger.