ANIMAÇÃO EM FOCO: M.A.S.K. (1985)

 

Um dos desenhos mais lembrados dos anos 80 na memória dos fãs, a animação "M.A.S.K." foi originalmente exibido na rede Syndication nos E.U.A. . Tomando como base a linha principal de brinquedos de ação da Kenner Productions, "M.A.S.K." teve duas temporadas produzidas pela DIC Audiovisual por encomenda da Hasbro que desejava aproveitar os lucros da venda dos brinquedos. No Brasil, chegou a ser exibido nos programas infantis do SBT na metade dos anos 80, sendo reprisado muitas vezes com outros desenhos da época como "Silverhawks", "Jace, e Os Guerreiros do Espaço" e "Saber Rider".

Na trama acompanhamos as aventuras do filantropo Matthew Trakker, que funda e lidera uma força-tarefa secreta batizada de M.A.S.K. (Mobile Armored Strike Kommand ou Comando Blindado de Ataque Móvel) que em suas missões enfrentava a organização terrorista V.E.N.O.M. (Vicious Evil Network of Mayhem ou Rede Viciosa e Maligna de Mayhem) liderada pelo ambicioso e traiçoeiro Miles Mayhem. Anos atrás, o irmão mais velho de Matt, o Dr. Andrew "Andy" Trakker Jr. desenvolveu uma nova tecnologia que beneficiaria a humanidade, que utilizava-se da energia de um raro cristal descoberto por seu pai Andrew Trekker Sr. na década de 50 na Nova Guiné. Essa tecnologia consistia em máscaras tecnologicas que davam habilidades defensivas poderosas aos seus usuários. Contudo, o sócio de Andy, Miles Mayhem queria usar a tecnologia de forma bélica com intenção de lucrar. Ele decide roubar os arquivos da nova tecnologia e ao ser descoberto, acaba assassinando Andy. Esse fato motivou Matt Trakker a passar os anos seguintes a desenvolver ainda mais a tecnologia de seu irmão, e usá-la para proteger o mundo de Mayhem e outros malfeitores, como forma de honrar seu irmão.

Cada membro de ambas as equipes, tinham cada um, codinome específico para cada máscara e um veículo próprio com recursos de última geração. Do lado do M.A.S.K. temos o líder Matt "Caçador" Trakker, que usava a máscara Espectro que disparava poderosas rajadas sônicas e dirigia o Thunderhawk um chevrolet camaro vermelho que se convertia em avião; Bruce "o Mágico" Sato, que usava a máscara Jack Coelho que lhe permitia voar e dirigia um buggy chamado Levantador; Alex "Megabyte" Sector, que usava a máscara Levantador que lhe permitia criar campos gravitacionais e dirigia um caminhão Kenworth chamado Rinoceronte; Dust "Barril de Pólvora" Heyes que usava a máscara Chicote que lhe permitia disparar raios telecinéticos e dirigia um jeep cj7 chamado Crocodilo; Glória Baker usava a máscara Colisão que lhe permitia criar um escudo de absorção de energia e impacto e dirigia o porche 928 chamado Tubarão; Brad "Chopper" Turner usava a máscara Hocus Pocus que lhe permitia projetar hologramas e dirigia a moto Condor; Hondo "Striker" MacLean que usava a máscara Blaster que lhe permitia disparar uma poderosa rajada de energia concussiva e dirigia a pick-up Foguete; Buddie "Clutch" Hawks, usava a máscara Penetrador que lhe dava o poder de atravessar objetos sólidos e co-pilotava o Foguete com Striker, mais tarde pilotando o Furacão; Calhound Burns que usava a máscara Gulliver que lhe permitia aumentar e diminuir objetos e pessoas e pilotava o corvette Raven; Jacques "Pioneiro" LeFleur que usava a máscara Maraj que criava um campo de invisibilidade e pilotava o caminhão Vulcão; Júlio "Doc" Lopez que usava a máscara Flâmula cheia de truques que disparava substâncias grudentas, escorregadias e supressoras de fogo, e pilotava o buggy Vagalume; Ace "Falcon" Riker que usava a máscara Ricochete que lhe permitia disparar um raio bumerangue e pilotava a van Estiligue; Boris "O Czar" Bushkin que usava a máscara Camarada que disparava luzes cegantes em forma de estrela e pilotava o caminhão Buldogue; "Chefe" Nevada Rushmore, usava a máscara Totem que lhe permitia disparar granadas de energia e pilotava o caminhão Golias; e Ali Bombay que usava a máscara Vórtex que cria rodamoinhos e pilotava a moto Bala.


Do lado dos vilões, o líder Miles "Lobo" Mayhem utilizava-se da máscara Víbora que disparava substância corrosiva e pilotava o helicóptero Canivete; Sly "Destruidor" Rax, utilizava a máscara Estilete que lhe permitia disparar arpões perfurantes e pilotava a motocicleta Piranha; Cliff "Blaster" Dagger que usava a máscara Tocha que lhe permitia disparar chamas intensas e pilotava o ford branco Britadeira; Vanessa Warfield usava a máscara Chicote que lhe permite atacar usando um chicote feito de energia e pilotava um nissan 300ZX chamado Manta; Bruno "Mad Dog" Sheppard usava a máscara Magna-Beam que lhe permite criar um poderoso campo magnético que pode usar para repelir, atrair e rasgar objetos e pilotava o Pontiac GTO chamado Stinger; Nash "Goon" Gorey que usava a máscara Casamata que lhe permite triplicar sua força física e pilotava o caminhão tanque Bandido; Lodo "o Lagarto" Lester que usava a máscara Ladrão de Lama que lhe permitia lançar lama no inimigo e pilotava o veículo Iguana; Floyd "Homem-Pássaro" Malloy usava a máscara Chumbo Grosso que disparava esferas de aço em grande velocidade e pilotava a moto vermelha batizada Vampiro; e Maximus "Maxie" Mayhem, irmão gêmeo de Miles, usava a máscara Congelador que lhe permitia congelar pessoas e objetos e pilotava um carro de corridas chamado Abutre.

Além dos combatentes de ambas as equipe, o desenho também apresentava o filho de Matt, Scott Trakker um prodígio da engenharia mecânica que, apesar de ser muito inteligente e habilidoso, sempre se metia em encrenca ao desobedecer seu pai insistindo em sair junto a equipe nas missões. Ele contava com a cumplicidade de seu robô T-Bob que podia se converter em uma scooter, e apesar de grande amigo de Scott nem sempre concordava com suas aventuras por ser muito medroso. A animação geru lucros mundialmente, chegando a ter continuidade nos quadrinhos além de videogames. Em 2009, foi eleita a 99° série de animação dos anos 80 pela IGN e em dezembro de 2015, correu um boato de que a Hasbro e a Paramount tinham planos para um universo compartilhado em live action, com todos os sucessos de desenhos dos anos 80, além de "M.A.S.K.", "G.I. Joe", "Micronautas", "Visionários: os Cavaleiros da Luz Mágica" e "Rom - o Cavaleiro do Espaço" com Akiva Goldsman supervisionando o projeto, que nunca saiu do papel. Em 2018, a Paramount anunciou que um longa metragem estava em desenvolvimento com F. Gary Gray (de "Velozes e Furiosos 8") como diretor, e em fevereiro de 2020 foi anunciado como roteirista Chris Bremner(de "Bad Boys para Sempre").

Curiosidades: a história de origem da tecnologia M.A.S.K. somente foi revelada nos quadrinhos, enquanto no desenho nunca foi mencionado; no desenho num episódio é explicado que a fonte de energia da tecnologia veio de um pedra descoberta pela pai de Matt, Andrew Trekker Sr.; o programa "Robot Chicken" teve vários episódios parodiando o desenho; o logotipo de "M.A.S.K." foi parodiado pelo grupo de luta-livre Chikara; o produtor de Dubstep J: Kenzo fez um sample de um clipe de áudio em sua faixa intitulada "The Roteks"; produtor de hip-hop Zero Signal fez uma amostra da música-tema e do áudio de "The Currency Conspiracy" em sua faixa intitulada "V.E.N.O.M.".

Texto de autoria do amigo: Cassius M G Silva 

Gostou da postagem?
Então junte-se a nós! Siga nosso blog e faça parte de nosso grupo no Facebook. 

Junte-se a família "Memória Magazine", inteiramente dedicada a relembrar coisas boas e curiosas do passado. Ajudando alguns a reviverem boas lembranças e outros a conhecer a origem do que se vê hoje nos quadrinhos, nas animações e nos filmes.. 

Nenhum comentário

Imagens de tema por graphixel. Tecnologia do Blogger.