No Cinema: "VAMPIROS DE ALMAS" ou "INVASORES DE CORPOS" (1956)

Matéria com 'easter-eggs'...

Quando Jack Finley escreveu o conto "Invasores de corpos" publicado na revista 'Colliers Magazine" em 1954, talvez não imaginasse o quanto ele apareceria no cinema após seu lançamento. A partir de 1956, pelas mãos de Dan Siegel, o conto transformado em filmes, atravessaria 23 anos. Pelo menos até agora. 


Uma das vantagens deste filme, é ter sido lançado numa época em que o mundo vivia sob um clima de medo por duas razões: o medo dos efeitos da recém descoberta energia atômica e da expansão do comunismo....E apesar do comunismo ter falhado em todo o mundo, ainda hoje muitos o acham mais perigoso do que a ameaça da energia atômica....

Todo o clima de medo, da preocupação com o avanço do comunismo e do que suas idéias poderia causar às pessoas, estão presentes no filme. Alíás, o filme tem uma cena antológica onde o personagem já ensandecido corre nas ruas avisando que "Eles estão aqui"...

A história do(s) filme(s)...

O filme original recebeu no Brasil o nome de 'Vampiros de Almas'. Por que? Porque o livro de Finley foi lançado a primeira vez no Brasil com este título.

A história se passa na pequena cidade de Santa Mira, na Califórnia, e acompanha os acontecimentos que envolvem o Doutor Miles Benelli (Kevin McCarthy). Ele viveu nesta cidade toda sua vida, mas teve que se ausentar por alguns meses, e ao voltar fica surpreso com a quantidade de consultas marcadas em seu consultório.

Durante o caminho ele quase atropela um garoto que fugia pela estrada, a tia do menino diz que ele fugiu de casa porque 'sua mãe já não era a mesma'. Poderia ser apenas uma forma do garoto chamar a atenção, se o médico não ficasse sabendo que a maioria das pessoas que marcaram as consultas diziam exatamente o mesmo: que os pacientes que seriam consultados 'não eram mais eles mesmos'...

De uma hora para outra, as consultas foram desmarcadas, O Doutor procura os pacientes, incluindo a tia e os pais do garoto, e não nota nada de errado. Apesar de desconfiado, sua atenção é desviada ao reencontrar uma antiga paixão: Becky Driscoll (Danna Winter). Os dois reatam o namoro...

Vampiros de Almas (1956)
Mas, os acontecimentos estranhos não param, até que uma certa noite um de seus amigos descobre um corpo em sua casa. O corpo não tem impressões e nem mesmo um rosto formado. Parece estar ainda se desenvolvendo. O Doutor descobre estarrecido que a cidade sofre uma silenciosa invasão...

Como dissemos antes, os filmes desta época refletiam a paranóia reinante nos EUA e alguns outros paises (incluindo o nosso). A forma como os alienígenas tomavam o lugar das pessoas, adotando sua aparência, seu modo de falar e de se vestir, eram uma metáfora para o 'pensamento comunista', que influenciava as pessoas, modificando-as, embora aparentemente elas continuassem as mesmas. Mas, sua ameaça era real....

Versões da história...

Como, já dissemos anteriormente, o filme de 1956 foi apenas o primeiro. Em 1978 foi feito um 'remake', e sem dúvida o melhor realizado e com um final que consegue estar ao nivel do filme original. A história é quase a mesma, com pequenas alterações como por exemplo o local: agora se passa em São Francisco, Califórnia (pelo menos o estado continuou o mesmo...). 

Os Invasores de Corpos (1978)
O grande destaque do filme é o elenco, principalmente para aqueles de nós que são mais ligados em séries de TV e 'nerdices' antigas. Nele estão Donald Sutherland (M.A.S.H.), Leonard Nimoy (Star Trek), Jeff Goldblum ( A mosca), Veronica Cartwright (Perdidos no Espaço), Don Siegel (diretor do filme original) e Robert Duvall (o Dom da Furia)...




Em 1993, foi feita uma nova versão. Porém, não se pode definir se é uma refilmagem ou uma continuação. Pelo titulo é uma continuação: "Os Invasores de Corpos: A Invasão Continua", mas pelo filme em si seria um remake. 

Os Invasores de Corpos: A Invasão Continua (1993)
Mas, bem inferior aos dois filmes anteriores. Para piorar a direção é de Abel Ferrara, que particularmente não gosto. O roteiro é fraco, e as tentativas de se colocar tenção ou suspense na história realmente não funcionam. Desta vez a história se passa no Alabama e dentro de uma reserva militar...

Mas, a coisa 'pega' mesmo é em 2007. Neste ano é feita a pior adaptação (na minha opinião), numa produção de Joel Silver, cuja especialidade são filmes de ação, e que teve na direção o diretor alemão Oliver Hirschbiegel. No elenco estavam Nicole Kindman e Daniel Graig (o 007).

A Invasão (2007)
Mas. o filme não funciona! Não há química entre Graig e Nicole. Há uma tentativa de desvincular este filme dos anteriores mudando-se o titulo para "A Invasão". E para piorar, a finalização ou solução encontrada no final é inverossímil e difícil de se aceitar. Ainda há uma tentativa de deixar dúvida no ultimo segundo (talvez para uma continuação?), mas...

Em outra mídia...


Em 2005 foi lançada uma série com base em "Os Invasores de Corpos". desta vez a ação se passa na Flórida e os alienígenas aparecem após um furacão que isolou a cidade. A série só teve uma temporada, com 22 episódios. 


O cancelamento não foi exatamente inesperado, se considerarmos que não era possível manter-se o clima de mistério e suspense por muito tempo. Principalmente com um  cenário limitado a uma pequena cidade. Não sabermos quem havia sido substituído só funcionava durante algum tempo. E para piorar, no final da temporada há uma segunda chuva de 'esporos alienígenas' na região e o resto não sabemos....



"Easter-eggs" = passe o mouse pelas imagens dos filmes até as legendas...


Convite


Se você gostou desta matéria e gosta de matérias deste tipo, curta nosso blog e venha fazer parte de nosso grupo no face. O objetivo é relembrarmos produções que acompanharam nossa infância, nossa adolescência e talvez nos acompanhem até agora e tenhamos vontade de rever ou relembrar. 



VENHA! Curta e participe de nossa pagina: MEMÓRIA MAGAZINE  e faça parte de nosso grupo: MEMÓRIA NERD

Nenhum comentário

Imagens de tema por graphixel. Tecnologia do Blogger.